Campus de Três Lagoas inicia comemoração pelo Jubileu no próximo dia 27

Postado por: secom

Localizado na principal cidade do leste sul-mato-grossense, o Campus de Três Lagoas comemora o seu Jubileu em 2020 com grande evento que pretende reunir de agosto a novembro ex e atuais estudantes e servidores, além da comunidade externa, em uma série de atividades como conferências, painéis e minicursos.

“A ideia das comemorações pelos 50 anos nasceu em 2019. A expectativa é que fosse presencialmente, com a presença de pessoas que passaram pelo campus como ex-alunos, ex-servidores e dirigentes para uma festa bem dinâmica, reunindo essas pessoas que ajudaram a construir o nosso CPTL, mas em 2020 fomos surpreendidos com a pandemia. Resolvemos fazer as celebrações, mesmo que seja de maneira virtual, porque é um marco de meio século de atividades desenvolvidas, e precisamos apresentar isso para a sociedade, precisamos comemorar, não é toda hora que completamos um aniversário tão importante como esse”, expõe o diretor do CPTL, professor Osmar Jesus Macedo.

As comemorações começam na próxima quinta-feira (27/8), às 19h, com a conferência de abertura “Caminhos e possibilidades para o Ensino Superior: reflexões à luz do pensamento de Paulo Freire”, a ser ministrada pela professora Ana Maria Araújo Freire (PUC/SP).

“A professora Ana Maria Araújo Freire vai contar um pouquinho do Paulo Freire e como adaptar esse pensamento para uma realidade que estamos vivendo hoje”, diz o diretor.

Na sequência, haverá uma série de painéis entre os meses de agosto a novembro, com encerramento das atividades no dia 26 de novembro com a conferência “Desafios da pesquisa e do ensino superior na área das Ciências Exatas e Engenharias”, com o professor João Antonio Pereira (UNESP/Ilha Solteira).

“Nesse intervalo teremos também uma serie de minicursos que serão ofertados a comunidade pelos diferentes cursos de graduação e pós-graduação aqui do campus”, diz.

O diretor lembra que quando ingressou no CPTL, em 1999, o campus tinha em torno de 70 docentes e hoje está ultrapassando os 200. Não só o quantitativo de pessoas que trabalham nas duas unidades do campus aumentou significativamente, mas também houve ampliação dos cursos.

Hoje são três mil graduandos e cerca de 300 pós-graduandos, em 17 cursos de graduação e oito de pós-graduação.

“Ser diretor do CPTL é um orgulho e aprendizado muito grande e Três Lagoas é uma das maiores unidades dos campus da UFMS, então isso reforça ainda mais a responsabilidade e o compromisso que o dirigente precisa ter com essa unidade administrativa. Temos um dos maiores quantitativo de servidores, de acadêmicos e de área construída, é uma riqueza muito grande”, afirma.

Há quase seis anos como diretor do CPTL, o professor Osmar lembra que com o REUNI (Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais) foi possível implantar dois cursos novos: Engenharia de Produção e Sistema de Informação, e agora recentemente formaram a primeira turma do curso de Medicina, que aumentou consideravelmente o número de alunos e servidores no campus.

Além das Licenciaturas, os Bacharelados prestam serviço relevantes para a comunidade. O campus atende também toda a região circunvizinha que pertence ao estado de São Paulo e recebe acadêmicos de vária partes do país. “Então, entendemos que o campus tem uma atuação para o desenvolvimento da região, para a formação cultural, social e econômica desses jovens que contam com os profissionais que aqui atuam. Isso é um significado ímpar. A formação desses jovens, a preparação para a carreira profissional, que foram oferecidas pelo Campus de Três Lagoas, com muita competência, habilidade e zelo precisa ser comemorada”.

História

Em 1967, o Governo do Estado de Mato Grosso criou o Instituto de Ciências Humanas e Letras. A unidade foi integralizada em 1969, por meio da Lei Estadual nº 2.947, com o surgimento da Universidade Estadual de Mato Grosso (UEMT).

O Conselho Estadual de Educação do Estado, pela Resolução nº 29/70, de 4 de abril de 1970, renomeou o Instituto de Ciências Humanas e Letras que passou a funcionar como Centro Pedagógico de Três lagoas, com a oferta dos cursos de Licenciatura em Pedagogia, Letras, História, Geografia e Matemática.

O primeiro concurso vestibular do Centro Pedagógico de Três Lagoas teve 239 inscritos e 238 aprovados. As primeiras aulas foram realizadas em março de 1970 nas dependências da Escola Paroquial “Bom Jesus”, cedida à época pelo município, para ser utilizada no período noturno, enquanto perdurassem as obras de construção da sede própria.

Depois da federalização da UEMT com a instituição da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Lei Federal nº 6.674 de 1979), o Centro Pedagógico tornou-se Centro Universitário de Três Lagoas (CEUL). Somente em 26 de fevereiro de 2000, com a aprovação do Estatuto da UFMS por meio da Portaria MEC n° 1.100, de 13 de julho de 1999, o então Centro Universitário de Três Lagoas passou a se chamar Campus de Três Lagoas (CPTL).

“Esse evento vai relembrar a memória uma história de 50 anos de trabalho que nasceu ainda na época em que Três Lagoas pertencia ao então estado de Mato Grosso e na época essa região não tinha desenvolvimento na área educacional do ponto de vista da formação de profissionais com formação superior”, completa o diretor.

Nesses 50 aos, o CPTL mudou de nome algumas vezes por ocasião do estatuto da Universidade. “Nesse período formamos muitos acadêmicos, principalmente na área de Licenciatura, e são muitos os que estão atuando na rede pública. Muitos já até se aposentaram e prestaram serviço relevante na nossa região, então isso tudo precisa ser trazido à memória das pessoas, com a compreensão de que todo esse trabalho, essa construção, foi árduo, não foi fácil, simples, mas conseguimos colaborar”, completa.

Programação Principal

27/8/2020 – 19h – Conferência de abertura: Caminhos e possibilidades para o Ensino Superior: reflexões à luz do pensamento de Paulo Freire  – Professora Ana Maria Araújo Freire (PUC/SP)

17/9/2020 – 19h – Painel “Fecundar o chão no ensino superior: o nascimento do Câmpus de Três Lagoas”

29/9/2020 – 19h – Painel “A Pós-Graduação no CPTL/UFMS: história, missão e desafios”

19/10/2020 – 19h – Painel “A construção de uma agenda de pesquisa no CPTL”

6/11/2020 – 19h – Painel “Para além dos muros da universidade: a extensão como diálogo entre o CPTL/UFMS e a comunidade”

20/11/2020 – 19h – Painel “A inserção social do CPTL: da formação inicial à nucleação”

26/11/2020 –  19h – Conferência de encerramento: “Desafios da pesquisa e do ensino superior na área das Ciências Exatas e Engenharias – Professor João Antonio Pereira (Unesp/Ilha Solteira)

Texto: Paula Pimenta/ arquivo Agecom