Estudos Literários


A área de Estudos Literários, também com duas linhas de pesquisa, caracteriza-se pelos estudos historiográficos da literatura brasileira, perpassados pela discussão entre o que é central e periférico, e pelos estudos de obras literárias em seu processo de invenção, em suas formas e estruturas estéticas, e em suas dimensões históricas, tendo em vista o acervo artístico, literário e cultural. A área pretende formar profissional altamente qualificado quanto à teoria literária e à capacidade de análise da produção literária brasileira do século XIX aos nossos dias.


 

1) Historiografia Literária: recepção e crítica

A linha “Historiografia Literária: recepção e crítica” realiza estudos historiográficos da literatura brasileira considerando as interdependências entre experiência e conhecimento no sistema ou campo literário e que o binômio recepção/crítica assegura a unidade das pesquisas ao evidenciar as redes entre texto e leitor e a problematização do que é central (nacional) e do que é periférico.


 

2) Literatura e invenção: do local ao universal

A linha “Literatura e invenção: do local ao universal” volta-se para os elementos intrínsecos e extrínsecos do texto (a edição, a recepção e as complexas relações com outras mídias), bem como para a compreensão do gênero literário em suas manifestações autorais, tendo por objeto a estética local diante do canônico dos centros de referência.