Novos editais e substituição do auxílio ampliam inclusão digital na UFMS

Postado por: secom

Foram publicados novos editais ampliando o atendimento da UFMS à inclusão digital dos estudantes. Ao todo são 3.000 novas oportunidades para graduandos e pós-graduandos e a substituição do Auxílio de Inclusão Digital pelo chip de dados, concedido por meio do programa “Alunos conectados” da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e Ministério da Educação (Mec).

Os estudantes que já recebem o auxílio e os interessados em receber devem se atentar aos prazos e demais informações dos editais que estão no site UFMS contra o coronavirus e no site da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes). As ações são desenvolvidas em parceria com a Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação (Agetic), Secretaria Especial de Educação a Distância (Sead), Pró-reitoria de Graduação (Prograd) e Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (Propp).

A chefe da Coordenadoria de Desenvolvimento Profissional e Inclusão da Proaes, Marta Costa Beck, lembrou que a Universidade tem desenvolvido iniciativas inéditas para atender às mais diversas necessidades dos estudantes desde o início da pandemia causada pela Covid-19. “Toda a UFMS precisou se reinventar. Com o ensino remoto de emergência as aulas, reuniões, eventos e diversas outras atividades passaram a ser realizados a distancia. Assim, além de editais abertos para o auxílio à alimentação e para a aquisição de equipamentos de proteção individual, entre outros, destaco os editais para a inclusão digital, que têm proporcionado aos estudantes com renda per capita familiar de até um salário mínimo e meio, a possibilidade de participar de todas essas atividades e manter o contato com os colegas e professores nesse momento de isolamento que vivemos”, disse.

 

edital de nº32 é voltado a estudantes de graduação e pós-graduação que não tenham acesso à rede de internet e/ou de computadores em sua residência e precisem utilizar os laboratórios de informática da UFMS. O cadastro pode ser feito no Sigproj até dezembro de 2020, enquanto durar o ensino remoto de emergência. Seguindo as orientações dos planos de Biossegurança, as unidades organizam e publicam periodicamente as escalas para a utilização dos laboratórios em todos os câmpus.

 

edital de nº33 é voltado a estudantes de graduação. O objetivo é conceder o acesso à internet por meio de um chip de dados. Ao todo serão selecionados 2.500 estudantes em vulnerabilidade econômica. As inscrições devem ser feitas no Sistema de Seleção até 10 de setembro.

 

edital de nº34 é voltado a estudantes de Mestrado e Doutorado. O objetivo é também conceder o acesso à internet por meio do chip de dados. Ao todo serão selecionados 500 estudantes em vulnerabilidade econômica. As inscrições devem ser feitas no Sigproj até 10 de setembro.

 

edital de nº35 é voltado aos estudantes que já recebem o Auxílio de Inclusão Digital ofertado pela UFMS. A publicação traz a lista dos habilitados para a migração para o chip de dados. Os estudantes relacionados têm até 10 de setembro para conferir se o CEP no edital corresponde ao de sua atual residência nesse período de isolamento. Se não corresponder, o estudante deve atualizar seu endereço no Siscad, com informações completas sobre a Rua, Número, Bairro, Município e o CEP da residência. Após essa atualização o estudante deve salvar a tela e enviar para diint.proaes@ufms.br ou para o número de whatsapp 3345-7822, até 10 de setembro de 2020.

 

Também no atendimento à inclusão digital, a Proaes mantém aberto o cadastro de estudantes para o empréstimo de equipamentos de tecnologia. Os interessados têm até novembro de 2020 para se inscreverem no Sistema de Seleção.

 

Ainda de acordo com Marta é imprescindível que os estudantes leiam todo o edital ao qual querem concorrer e providenciem os documentos indicados. “Elaboramos todos os editais com carinho para atender aos nossos estudantes, para que possam permanecer na Universidade e concluírem seus estudos com muito sucesso”, afirmou.

 

 

Texto: Ariane Comineti